quinta-feira, 18 abril 2024

E ECONOMIA

Receitas do Estado moçambicano com concessões dispararam 40% em 2023

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

As receitas do Estado moçambicano com concessões aumentaram 40,1% em 2023, face ao ano anterior, para mais de 5.279 milhões de meticais (76,5 milhões de euros), segundo dados oficiais a que a Lusa teve hoje acesso.

O peso da contribuição das concessões no total das receitas do Estado deste período foi de 1,6%, quando em 2022 não ultrapassou 1,3%, então no valor de pouco mais de 3.768 milhões de meticais (54,5 milhões de euros), de acordo com o balanço económico e social da execução do Orçamento do Estado de janeiro a dezembro, do Ministério da Economia e Finanças.

Nestas receitas com concessões, a Hidroeléctrica de Cahora Bassa, com quase 2.324 milhões de meticais (33,6 milhões de euros), com um crescimento homólogo de 37,8%, e o Porto de Maputo, com mais de 1.265 milhões de meticais (18,3 milhões de euros), um aumento de 53,1%, contribuíram, respetivamente, com o correspondente a 44,0% e 24,0% do total.

Globalmente, o total das receitas correntes do Estado Moçambicano cresceram 14,2% em 2023, para quase 326.258 milhões de meticais (4.727 milhões de euros).

Já o encaixe com dividendos aumentou em 2023 quase 38,5%, para cerca de 9.278 milhões de meticais (134,5 milhões de euros), metade dos quais também garantidos pela Hidroeléctrica de Cahora Bassa, seguida da empresa Porto e Caminhos de Ferro de Moçambique, com quase 15% do total.

A Semana com Lusa

24 de Fevereiro de 2024

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Amorim
6 days 14 hours

Que se diminua o consumo de bebidas alcoólicas

Amorim
6 days 14 hours

Reduzir custos que seja com a prata da casa.

Amorim
7 days 11 hours

Álcool mata e pode induzir à prática de crime. Aorendam.

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências