segunda-feira, 26 fevereiro 2024

E ECONOMIA

Combustíveis mais baratos a partir do mês de Setembro

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Os combustíveis vão estar mais baratos a partir deste domingo,01, de acordo com a nova tabela divulgada pela Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME) para vigorar durante o mês de Setembro.

De acordo com a nova tabela citado pela Inforpress, o preço da gasolina baixou 4,83 por cento (%) e passa a ser vendida a 122,10 ECV/L, o gasóleo normal baixou 1,18%, passa a custar a 100,90 ECV/L, o gasóleo para electricidade custa agora 85,60 ECV/L (menos 1,50%) e o gasóleo marinha perdeu 1,49% e passa a custar 72,50 ECV/L.

O petróleo passa a ser vendido a 87,20 ECV/L (menos 2,79%), o fuelóleo 380 custa agora 55,20 ECV/L e o fuelóleo 180 passa a custar 61,30 ECV/L (menos 11,42% e 13,48%, respetivamente) e o butano passa a ser vendido a granel por 107,40 ECV/Kg, perdendo 9,90%.

As garrafas de 03 quilos passaram a custar 306,00 ECV, as de 06 quilos 644,00 ECV, as de 12,5 kg, 1.342,00 ECV e as de 55 kg, 5.905,00 ECV.

A nota de imprensa hoje divulgada pela ARME indica que, de acordo com os dados publicados no Platts European Marketscan e LPGasWire, os preços médios dos combustíveis, nos mercados internacionais, cotados em USD/ton, “registaram descidas generalizadas durante o mês de Agosto (10,05%), relativamente ao mês de julho”, daí a descida, também no mercado interno.

O comunicado da ARME explica que a queda nas cotações do petróleo, durante o mês de Agosto, deve-se, fundamentalmente, à “guerra comercial” entre a China e os EUA (anúncio de sobretaxa de 10% sobre novos produtos chineses) e pela cautela dos mercados face a indicadores que apontam para um abrandamento dos níveis potenciais de crescimento económico a nível mundial.

Além disso, prossegue o documento, os preços internacionais de petróleo foram influenciados pelos indicadores de produção industrial dos EUA, que sofreram uma redução e atingiram mínimos de quase uma década.

Por outro lado, a cotação do último dia (útil) do mês de Agosto do câmbio EUR/USD, tendo como referência a BLOOMBERG (14 horas no horário de Frankfurt), “evidenciou uma depreciação do euro face ao dólar dos Estados Unidos, em 1,01%”, comparado ao câmbio do último dia do mês de julho, e isso “impediu um reflexo maior da queda do preço no mercado interno, tendo em conta que a matéria-prima é negociada em dólares”.

Os novos preços máximos de venda ao consumidor final dos combustíveis regulados passam a vigorar de 01 a 30 de Setembro de 2019, refere a Inforpress.

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Tota
7 days 14 hours

CV nas mãos destes malfeitores, o povo está lixado. Porque para além de corruptos são incompetentes e diabólicos

Comentário bodona
21 days 6 hours

Parece que as coisas estão a complicar-se e de que maneira no Senegal.

Efrem Soares
27 days 12 hours

Para agradecer a reação positiva dos amigos no messenger, pelas mensagens enviadas, e propor para comentarem aqui no on

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana@gmail.com
asemana.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 | 993 28 23 | 9727634
Contacte - nos

Outras Referências