terça-feira, 27 fevereiro 2024

E ECONOMIA

Hub aéreo sem impacto: INE revela que Cabo Verde regista uma diminuição de 3,0% na movimentação de aviões nos aeroportos e aeródromos

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Está a ser nulo o impacto do Hub aéreo, com base no Sal, propalado pelo governo. É qu a movimentação de aviões nos aeroportos e aeródromos cabo-verdianos diminuiu cerca de 3,0% no 2.º trimestre deste ano, enquanto que o número de passageiros aumentou na mesma proporção, face ao mesmo período do ano transato.

Os resultados do Hub aéreo no Sal está a causar preocupações aos profissionais do setor. Afinal não está ainda a ter impacto no aumento da movimentação de aeronaves no espaço aéreo cabo-verdiano, segundo revelam dados recentes do Instituto nacional de Estatísticas (INE) referentes aos transportes.

Para peritos da aviação civil, tudo aponta que a medida de suspender voos directos entre Praia e Mindelo e Portugal e das ligações domésticas destas duas cidades cabo-verdianas para com as restantes ilhas pode ter contribuído para essa situação.

Conforme o estudo do INE, Cabo Verde registou uma diminuição na movimentação de aviões nos aeroportos e aeródromos nacionais na ordem dos 3% durante o segundo trimestre do ano de 2019.

“No segundo trimestre deste ano, o país registou um total de 7.721 aviões movimentados nos aeroportos e aeródromos, contra os 7.958 contabilizados no período homólogo do ano passado, correspondendo uma ligeira diminuição de 3%”.

Mas o estudo referido revela que o número de passageiros aumentou na mesma proporção (3%), face ao mesmo período do ano passado. “Durante o segundo trimestre deste ano, o número de passageiros teve um aumento de 3,0%, passando dos 592.506 nos segundos três meses do ano passado, para 610.386 no segundo trimestre deste ano”, conforme dados do INE.

No período em análise, a INE aponta que, relativamente às cargas transportadas, houve um aumento de 13,6% nos aeroportos e aeródromos, enquanto os correios tiveram aumentos de 8,4%, relativamente ao mesmo período de 2018.

Menos barcos e passageiros nos portos

Comparado com período homólogo, constatou-se que os número de navios e de passageiros movimentados nos portos nacionais sofrera uma diminuição de 13,3% e de 6,7%, respetivamente. Já as mercadorias movimentadas aumentaram 11,5%. Os dados do INE revela ainda que o número de passageiros transportados pelos autocarros nas Cidades da Praia e do Mindelo sofreu um ligeiro aumento de 1,7%, face ao trimestre homólogo.

Celso Lobo

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Tota
7 days 16 hours

CV nas mãos destes malfeitores, o povo está lixado. Porque para além de corruptos são incompetentes e diabólicos

Comentário bodona
21 days 8 hours

Parece que as coisas estão a complicar-se e de que maneira no Senegal.

Efrem Soares
27 days 14 hours

Para agradecer a reação positiva dos amigos no messenger, pelas mensagens enviadas, e propor para comentarem aqui no on

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana@gmail.com
asemana.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 | 993 28 23 | 9727634
Contacte - nos

Outras Referências