sexta-feira, 14 junho 2024

C CULTURA

São Vicente: CCM acolhe “Grande Concerto” com Solange Cesarovna

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Inserido na programação do Centro Cultural do Mindelo, no próximo dia 19 deste mês, a artista caboverdiana, Solange Cesarovna, estará presente no Grande Concerto, que acontece no Grande Luís Morais Auditório do CCM.

De acordo com uma nota remetida ao Asemanaonline, a artista musical, Solange Cesarovna, estará a abrilhantar no próximo dia 19 deste mês, com suas “belas vozes”, o Grande Concerto, enquadrado no programa do Centro Cultural do Mindelo (CCM) em São Vicente.

Percurso da cantora

Conforme a fonte referida, Cantora, autora e compositora caboverdiana,Solange Cesarovna foi , recentemente, considerada pela crítica como Rainha da Morna do Século XXI, mulher humanista, embaixadora africana dos direitos autorais, com uma voz única e peculiar, capaz de transmitir a cultura do seu país ao mundo, com a sua forma “energética e solar” de estar em palco.

Aos sete anos de idade, Solange ganha o seu primeiro prémio no concurso de jovens talentos no Festival de Pequenos Cantores em São Vicente, Cabo Verde. Aos oito, representa Cabo Verde no Festival Chaminé de Ouro, em Portugal, e é convidada a participar num dos maiores festivais de música de Cabo Verde, Baía das Gatas, em São Vicente.

Já aos 18 anos de idade ingressa na Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, Brasil, onde obtém o grau de licenciatura em Comunicação Social com habilitação em Artes Cinematográficas. Durante a sua estadia no Brasil, frequentou também a Escola de Música Villa Lobos, onde fez cursos de canto clássico e canto lírico. Em novembro de 2008, chega a Los Angeles, Califórnia, para gravar o seu primeiro álbum com MB Records, no estúdio de renome internacional, “SkipSaylorStudios”.

O primeiro álbum de Solange, prossegue a fonte deste jornal, marca o começo de uma nova jornada – um sonho há muito tempo preterido devido a prioridades de formação profissional.

Com 12 faixas, o álbum de estreia que tem o nome da cantora, apresenta composições de alguns dos mais emblemáticos compositores da música caboverdiana, incluindo, Manuel d’Novas, Amândio Cabral, Dante Mariano, Ramiro Mendes, João Mendes, Kim di Santiago, Tó Alves, e duas músicas da própria artista. Rico e inovador, o álbum apresenta vários géneros da música tradicional caboverdiana, incluindo a Morna, a Coladeira e o Funaná.

Solange Cesarovna é Presidente da Sociedade Caboverdiana de Música (SCM), eleita por unanimidade em 2013 e reeleita em 2018. A SCM, que defende os direitos de autor e os direitos conexos dos músicos, autores e compositores caboverdianos, conta com o entusiasmo incansável da Solange na defesa desta causa nobre e imprescindível. É na sua presidência, que em 2017 a SCM entra para a ConfederaçãoInternacional de Sociedades de Autores e Compositores (CISAC).

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Antonio
17 days 11 hours

Que grande reflexão do Água Lusa!!! Bem enquadrado. Até os nascidos na era portuguesa não são valorizados.

Daniel Dias
21 days 16 hours

Coitado do Leão Vulcão. Perdeu o emprego.

liketerra
23 days 9 hours

A criminalidade Murdeira já é de muito tempo e inclui os proprios admnistradores condominio que mandam os guardas agridi

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências