sexta-feira, 14 junho 2024

S SOCIAL

Governo cabo-verdiano condecora Benfica e anuncia protocolo

Votos do utilizador: 4 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa
 

O Governo cabo-verdiano condecorou, esta sexta-feira,06, o Sport Lisboa e Benfica com o Segundo Grau da Medalha de Mérito Desportivo e anunciou que vai celebrar “brevemente” um protocolo, visando “cimentar ao mais alto nível as relações de prestígio”.

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, justificou a distinção ao “maior embaixador de Portugal no mundo “, como reconhecimento do contributo da nação benfiquista em Cabo Verde e na diáspora, alegando que o futebol acaba por ser o elo que liga o país ao mundo e cria o sentido da comunidade.

Em cerimónia realizada no Palácio do Governo, o chefe do executivo lembrou que o Benfica se afigura como uma das referências do mundo global e que o clube da Luz tem tido um papel indispensável na promoção da lusofonia, razão pela qual classificou esta condecoração “única e irrepetível”.

Reafirmou que esta condecoração de Cabo Verde ao Sport Lisboa e Benfica justifica-se pela “história, pelo prestigio e pela globalização” que este clube português tem dado mercê de “um contributo importante na figura ímpar de Eusébio, marcado por figuras centrais e importantes da lusofonia que se afirmaram através do Benfica”.

Ulisses Correia e Silva regozijou-se pelo facto do cabo-verdiano Fortunato Levy ter sido o primeiro capitão do Sport Lisboa e Benfica, de entre outros atletas como Carlos Alhinho, que também ajudaram o Benfica a afirmar-se.

Já o presidente do Sport Lisboa e Benfica manifestou-se “honrado e emocionado” pela forma como a sua delegação foi recebida na Cidade da Praia, e sublinhou que “nunca deixa de impressionar a forma como o povo de Cabo Verde vive a paixão pelo Benfica”, ressalvando que este carinho transmite ao clube força e responsabilidade para que o” Benfica seja cada vez maior”.

Luís Filipe Vieira realçou que o “Benfica vai muito para além das fronteiras de Portugal enquanto um “clube global, e, em particular, da lusofonia”, asseverando que apesar da distância geográfica que separa Portugal e Cabo Verde há uma história e sentir que aproximam o clube dos países da lusofonia.

“São sempre impressionantes as imagens que nos chegam dos países lusófonos quando conquistamos os campeonatos. Por isso, dizemos que o Benfica é um clube do mundo, o maior de Portugal. Aqui em Cabo Verde sentimos verdadeiramente em casa”, avivou o líder encarnado que recorda a “recepção fantástica”, na Cidade da Praia, em 2005, na ilha do Sal, em 2008, e na ilha do Fogo, em 2015.

A delegação do Benfica, chefiada pelo seu presidente Luís Filipe Vieira fez-se acompanhar da Taça “Reconquista”, alusiva ao campeão de Portugal 2018/19 e do antigo capitão Luisão. A Semana com Inforpress

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Antonio
17 days 12 hours

Que grande reflexão do Água Lusa!!! Bem enquadrado. Até os nascidos na era portuguesa não são valorizados.

Daniel Dias
21 days 17 hours

Coitado do Leão Vulcão. Perdeu o emprego.

liketerra
23 days 9 hours

A criminalidade Murdeira já é de muito tempo e inclui os proprios admnistradores condominio que mandam os guardas agridi

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências