sexta-feira, 14 junho 2024

A ATUALIDADE

AviãoTAP disponibilizado pelo Governo português parte hoje com ajuda ao Rio Grande do Sul

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 O avião da TAP disponibilizado pelo Governo português para levar ajuda humanitária às vítimas das inundações no Rio Grande do Sul parte hoje para o Brasil com 11 toneladas de bens, disse o embaixador do Brasil em Portugal.

Em declarações à Lusa no sábado, Raimundo Carreiro tinha dito que este avião poderia levar cerca de 100 toneladas de mercadoria para aquela região do Brasil, a mais dramaticamente afetada pelas cheias, mas "a previsão inicial que era essa", não se verificou, pelo que vão a bordo cerca de 11 toneladas, explicou hoje o diplomata.

Na altura, Raimundo Carreira já tinha referido que a carga só estaria definitivamente fechada na segunda-feira, véspera da partida do voo.

Segundo o embaixador, "do ponto de vista aéreo, as negociações se encerram com este [voo da Tap]" para envio de donativos de Portugal para o Brasil, sendo que o que sobrar armazenado seguirá por navio, o que reiterou hoje.

De acordo com um comunicado emitido segunda-feira pela Transportadora Aérea Portuguesa, o voo humanitário da TAP e do Estado Português "será feito num Airbus A330-900 neo, que transportará apenas carga, e com a colaboração da tripulação composta por dois pilotos e dois tripulantes de cabina, destacados especificamente para este voo".

O avião parte do aeroporto de Lisboa e tem como destino São Paulo e levará a bordo bens essenciais como fraldas, roupa e artigos de higiene, adianta a nota, confirmando o que tinha sido avançado pela porta-voz do grupo SOS RS que lançou o apelo à ajuda de portugueses e brasileiros às vítimas das inundações, e tem continuado com a coordenação do armazenamento e envio destes produtos doados.

Ainda segundo o comunicado da companhia aérea, este voo humanitário parte de Lisboa "pelas 10:10 da manhã, hora local, e tem chegada prevista a São Paulo pelas 17:00 locais".

Neste momento, de acordo com o levantamento feito para a Embaixada do Brasil em Lisboa pelas diversas entidades que coordenam a ajuda, ainda existem em Portugal 300 toneladas de donativos armazenados para seguir para o Rio Grande do Sul.

Fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros tinha confirmado na sexta-feira à Lusa que o Governo português iria enviar hoje um avião TAP para o Rio Grande do Sul.

"A realização deste voo é um gesto de solidariedade suportado pelo Estado português através da TAP", acrescentou a fonte, adiantando que o papel do Governo português foi facilitar o transporte da ajuda de várias origens.

O primeiro voo que seguiu com um carregamento de doações para aquela região do Brasil, que vive uma situação dramática por ter sido a mais afetada pelas inundações, não era exclusivamente destinado aos donativos para o Rio Grande do Sul, mas este será.

No avião da Latam, que partiu de Lisboa no dia 17 de maio com destino a São Paulo, foi cedido um espaço na aeronave para os donativos.

No voo, seguiu "um primeiro lote de carregamento humanitário de cerca de 300 kg [espaço cedido pela Latam na aeronave] de bens doados pela comunidade brasileira em Portugal e por cidadãos portugueses, destinado às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul”, divulgou, então, a Embaixada do Brasil em Portugal na rede social Instagram.

A Companhia Aérea Azul também está a transportar aos poucos 20 toneladas de mercadoria nos seus voos regulares, tal como informou o embaixador.

A Semana com Lusa

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Antonio
17 days 11 hours

Que grande reflexão do Água Lusa!!! Bem enquadrado. Até os nascidos na era portuguesa não são valorizados.

Daniel Dias
21 days 16 hours

Coitado do Leão Vulcão. Perdeu o emprego.

liketerra
23 days 9 hours

A criminalidade Murdeira já é de muito tempo e inclui os proprios admnistradores condominio que mandam os guardas agridi

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências