sexta-feira, 14 junho 2024

A ATUALIDADE

Cem migrantes resgatados no mediterrâneo. Metade crianças e mulheres

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Organização Não Governamental Sos Humanity resgatou  esta segunda-feira cem migrantes ao largo da costa da Líbia, e as autoridades italianas pediram para serem enviados para um porto a cerca de 1.170 quilómetros da área de resgate.

"A tripulação do Humanity 1 resgatou um total de 100 pessoas, incluindo mulheres grávidas e bebés, de duas embarcações sobrelotadas e em dificuldades no mediterrâneo central", revelou a ONG nas suas redes sociais, citada pela agência de notícias espanhola EFE.

 

No primeiro resgate, a equipa salvou 82 pessoas que estavam num bote e no segundo outras 18, sendo que "metade das pessoas resgatadas são menores", acrescenta a organização.

As autoridades italianas pediram à ONG que se dirigisse para o porto de Livorno, que fica a cerca de 1.170 quilómetros da área de resgate, para que os migrantes pudessem desembarcar, denunciou ainda a ONG.

"A tripulação e as pessoas resgatadas terão agora de enfrentar pelo menos mais três dias de viagem. Ao designar um porto tão distante, as autoridades estão conscientemente a violar o direito dos sobreviventes a um desembarque rápido, tal como indicado no direito marítimo", acusou.

O capitão já pediu ao centro de coordenação de salvamento italiano que atribua um porto mais próximo, até porque ao terem de se deslocar tantos quilómetros acabam por se afastar das zonas habituais de resgate.

A EFE recorda que a decisão de atribuir postos distantes tem sido a política do governo de extrema-direita de Giorgia Meloni para retirar as ONG da zona de salvamento.

Entretanto, nas últimas 24 horas, cerca de 150 migrantes chegaram à ilha de Lampedusa depois de terem sido resgatados pela Guardia di finanza em várias operações.

As embarcações, que partiram da Tunísia, transportavam também duas mulheres e 17 menores, que disseram ser provenientes do Egipto, Sudão, Síria e Tunísia.

A melhoria do tempo faz aumentar o número de pessoas que tenta chegar à Europa através das costas italianas que este ano viu chegar 19.592 migrantes, um número muito abaixo do registado em igual período do ano passado (47.851 migrante), segundo dados avançados hoje pelo Ministério do Interior italiano.

A Semana com Lusa 

 

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Antonio
17 days 11 hours

Que grande reflexão do Água Lusa!!! Bem enquadrado. Até os nascidos na era portuguesa não são valorizados.

Daniel Dias
21 days 15 hours

Coitado do Leão Vulcão. Perdeu o emprego.

liketerra
23 days 8 hours

A criminalidade Murdeira já é de muito tempo e inclui os proprios admnistradores condominio que mandam os guardas agridi

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências