quarta-feira, 17 abril 2024

Brava: Empresário diz ser falsas todas as acusações feitas pelo PAICV em relação à sua empresa

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O empresário Ideal Louro manifestou hoje o seu descontentamento com as acusações feitas pela Comissão Política Regional (CPR) do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), na Brava, de se beneficiar do dinheiro público e refuta as acusações.

Em entrevista à Inforpress, Ideal Louro dono da empresa “Ideal construções”, disse que ficou “bastante triste” com as acusações feitas pelo presidente da Comissão Política Regional do PAICV, Carlinhos Martins, de que juntamente com o presidente da câmara municipal, tinham beneficiado do dinheiro público.

As acusações foram feitas pela Comissão Política Regional do PAICV em comunicado de imprensa enviado à Inforpress, datado de 18 de Janeiro último.

“O presidente da câmara municipal e o seu compadre, dono da empresa de construção civil 'Ideal Construções', se beneficiaram do dinheiro público, a quem pagou do montante total emprestado, e já referido, quase 13 milhões de escudos, isso, sem nunca ter feito qualquer concurso e sem nunca este ter prestado qualquer caução como manda a lei”, ressaltou o CPR do PAICV na altura.

De acordo com este empresário, as acusações são “falsas”, tendo em conta que o mesmo não está integrado em nenhuma lista partidário e as obras da autarquia que a empresa tem executado foram "todas ganhas através de concursos feitos pela edilidade".

“Eu sou um jovem que sempre lutou e ainda luta para ser melhor na vida e actualmente dou emprego para várias pessoas do município, neste momento tenho 97 trabalhadores fixo e ainda mais de 30 que prestam serviços à minha empresa”, salientou.

O empresário disse ainda que a sua empresa de construção é a única da ilha que possui o alvará um e dois, e está capacitada para as obras grandes da ilha Brava.

Reiterou a sua tristeza por a Comissão Política Regional do PAICV falar “mal” e ter “ódio de um jovem empreendedor bravense que emprega muitas pessoas e ajuda no desenvolvimento da ilha”.

Ideal Louro disse ainda que a sua empresa já formou muitos pedreiros e calceteiros, mão-de-obra que não tinham na Brava, e que levantar “calunias” contra ele é ir contra todos os jovens que trabalham na sua empresa, tendo em conta que muitas pessoas tiram os seus sustentos trabalhando na empresa Ideal Construções.

Conforme defendeu, a câmara municipal nunca atribuiu à sua empresa nenhum trabalho sem contrato, isso porque, garantiu, todas as obras feitas foram ganhas através de concursos e possuem contratos.

“Eu não sei porquê, mas o PAICV prefere que outras empresas que não são da ilha ganhem as obras da câmara municipal do que a minha firma que é daqui e emprega muitos bravenses. No entanto, eu tenho provas e irei provar que todos os trabalhos concedidos pela autarquia foram nos termos legais ganhos nos concursos e possuem contratos”, afirmou.

O empresário finalizou insistindo que Carlinhos Martins deveria pedir desculpas a todos os jovens que trabalham com ele, tendo em conta que está a colocar em causa o ganha pão de muitos familiares.

 

A Semana com Inforpress

26 de fevereiro 2024

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Amorim
6 days 1 hour

Que se diminua o consumo de bebidas alcoólicas

Amorim
6 days 1 hour

Reduzir custos que seja com a prata da casa.

Amorim
6 days 22 hours

Álcool mata e pode induzir à prática de crime. Aorendam.

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências