sexta-feira, 12 julho 2024

PAICV defende que só com “parceria forte” entre Governo e CMP se consegue resolver os problemas do município

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O líder da bancada municipal do PAICV, Aquiles Barbosa, defendeu nesta sexta-feira que só através de uma parceria forte entre o Governo e a autarquia da Praia é possível resolver os problemas mais candentes do município.

Em entrevista à Inforpress, Aquiles Barbosa avançou que durante a visita efectuada na manhã de sexta-feira aos bairros de Jamaica e Achada Mato, no âmbito do cumprimento do plano de actividade da bancada, as maiores reivindicações dos cidadãos registadas por aquela força política têm a ver com a questão das estradas, da iluminação pública e da alta taxa de desemprego na camada jovem.

Outra queixa, apontou, são os problemas da habitação, uma vez que se aproxima a época das chuvas e muitas famílias vivem em condições precárias, em casas sem tecto ou até em barracas.

“Mas, de modo geral, temos vindo a constactar que as autoridades têm vindo a fazer alguma coisa, não estão paradas, mas ainda há alguns desafios pela frente que merecem atenção, mas merecem uma atenção redobrada dos governantes”, garantiu, adiantando que vão levar as preocupações ao edil para que medidas políticas sejam implementadas para fazer face a estas reivindicações.

“É claro que o município não consegue resolver todos problemas, temos problemas de desemprego, problemas de jovens que já terminaram o 12º ano que querem fazer formação superior, problemas de nomeação e publicação que têm a ver com o Governo, mas creio que só com uma parceria forte entre a câmara e o Governo se consegue resolver este problema”, defendeu.

Segundo o líder parlamentar, é necessário aderir à parceria, sublinhando que a política do bloqueio municipal “não funciona” e não tem trazido “resultados palpáveis” para a capital do País.

Aquiles Barbosa aproveitou a ocasião para destacar as iniciativas da autarquia praiense, como a construção de centros multiusos com jardins de infância sem custo para os pais, acentuando que muitas famílias reclamam do alto preço praticado pelas instituições que trabalham na educação infantil.

“Na localidade de Jamaica constatamos que se abriu um jardim de infância lá, mas as pessoas reclamam que os custos para frequentar esse jardim são altos e não cabe nos bolsos dos moradores, na sua maioria desempregados”, exemplificou, realçando a proximidade entre a Câmara Municipal da Praia e os munícipes.

Ainda com o obiectivo de auscultar as preocupações dos munícipes, a bancada segue hoje, sábado com a visita às localidades de Achada Grande Frente e Lém Ferreira.

 

A Semana com Inforpress

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Antonio
7 days 10 hours

Quando reformar prefiro de longe ir à Universidade Sénior do que ficar a frequenrar bares e botequins com bebidas.

Daniela Santana
14 days 8 hours

Devemos todos fazer uma subscrição a favor do Leão Vulcão. Todos, todos, todos.

Americo costa feritas
14 days 12 hours

Esta noticia peca em todos os aspetos; presença dum governante, melhor vodka do mundo, produção de vodka num pais tropic

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências