sexta-feira, 14 junho 2024

P POLÍTICA

Santo Antão: Orlando Delgado diz ser necessário encontrar soluções para diminuir o desemprego jovem

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Orlando Delgado, defendeu na sexta-feira, 12, a necessidade de as autoridades e os jovens trabalharem juntos para encontrarem novas soluções para diminuir a taxa de desemprego jovem no País.

O autarca, que falava à impressa após a I Conferência Municipal da Juventude de Ribeira Grande, assegurou ter “plena consciência” de que a situação de hoje da juventude é diferente da de antigamente.

Isso porque, precisou, as exigências são maiores e as autoridades tem que se preocupar com a juventude.

“Cabo Verde tem dado grandes passos em termos da educação e hoje os nossos jovens contrariamente daquilo que era no meu tempo em que um número muito reduzido de jovens podiam ir a São Vicente estudar, hoje todos os jovens têm essa oportunidade” salientou.

Orlando Delgado reconheceu que os sucessivos governos puseram “a frente” a questão da educação, criando as condições para que a nível local todos pudessem estudar.

Frisou que no seu tempo a questão da empregabilidade era “fácil” porque eram um número “muito reduzido” e hoje há uma quantidade maior de jovens a estudar.

Por isso, considerou ser necessário “alternativas de emprego”, mas para isso, sintetizou, é preciso “diversificar” a própria economia cabo-verdiana.

“O Estado sozinho não consegue dar emprego a todo mundo e temos que ter a plena consciência e os jovens temos que se consciencializar que hoje nós todos temos que encontrar soluções e alternativa para haver uma maior empregabilidade” acentuou.

O autarca ribeira-grandense assegurou ainda que vê “muita gente a apontar o dedo ao Estado”, mas este “não consegue em nenhuma parte do mundo” dar emprego a todos.

“Fico atónito quando vejo a polémica de jovens a procura de emprego a nível do estrangeiro. Cabo Verde sempre foi um País de emigração e se somos o que somos hoje é graça a emigração. Os jovens têm que ter oportunidade e a possibilidade de escolher e aquele que quer emigrar que emigre e que haja outras soluções a nível do arquipélago”, finalizou.

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Antonio
17 days 10 hours

Que grande reflexão do Água Lusa!!! Bem enquadrado. Até os nascidos na era portuguesa não são valorizados.

Daniel Dias
21 days 15 hours

Coitado do Leão Vulcão. Perdeu o emprego.

liketerra
23 days 8 hours

A criminalidade Murdeira já é de muito tempo e inclui os proprios admnistradores condominio que mandam os guardas agridi

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências