sexta-feira, 12 julho 2024

PR de Timor-Leste diz que “ainda há razões” para continuar a discutir fronteira terrestre com Indonésia

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, afirmou que ainda "há razões" para continuar a discutir a fronteira terrestre com a Indonésia, manifestando "otimismo numa resolução colaborativa", indicou um comunicado hoje divulgado.

Em declarações proferidas na quarta-feira, em Paris, o chefe de Estado timorense reiterou a confiança na “equipa negocial liderada pelo primeiro-ministro, Xanana Gusmão”, referiu a mesma nota da Presidência timorense.

José Ramos-Horta encontra-se ausente do país em visitas ao Vaticano, a França e ao Reino Unido, devendo regressar a Timor-Leste a 07 de fevereiro.

O chefe de Estado defendeu que “embora seja importante a assinatura de um acordo final, ainda há razões para discussões continuadas”.

“O Presidente sugeriu que deve haver consenso, mesmo que isso signifique que cada lado faça sacrifícios, afirmando que isso acontece em muitos países quando se alcança consenso sobre acordos fronteiriços”, referiu a Presidência.

O comunicado acrescentou que José Ramos-Horta espera uma solução “consensual e pacífica entre as duas nações”, manifestando “otimismo numa resolução colaborativa”.

No final de dezembro, o Governo timorense anunciou que o trabalho técnico de marcação de algumas zonas da fronteira terrestre com a Indonésia estava terminado, abrindo portas à assinatura do tratado de delimitação da fronteira terrestre com aquele país.

Esta semana, a comunidade Naktuka denunciou que lhes foram retirados 270 hectares de terra arável timorense, que passou para a Indonésia, sem serem consultada pela equipa técnica, desencadeando polémica na sociedade timorense.

Aquela comunidade admitiu não entregar as terras à Indonésia, explicando que aquela zona pertencia a Portugal antes da ocupação indonésia, em 1975, devido a um tratado assinado entre portugueses e holandeses em 1914.

A Semana com Lusa

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Antonio
7 days 10 hours

Quando reformar prefiro de longe ir à Universidade Sénior do que ficar a frequenrar bares e botequins com bebidas.

Daniela Santana
14 days 9 hours

Devemos todos fazer uma subscrição a favor do Leão Vulcão. Todos, todos, todos.

Americo costa feritas
14 days 12 hours

Esta noticia peca em todos os aspetos; presença dum governante, melhor vodka do mundo, produção de vodka num pais tropic

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências