segunda-feira, 26 fevereiro 2024

Moçambique/Ataques: Governo dá prioridade a pontos afetados pelo conflito na distribuição dos livros escolares

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Direção Provincial de Cabo Delgado, norte de Moçambique, está a dar prioridade aos distritos afetados pela insurgência armada na distribuição de livros, uma medida que visa incentivar os alunos e professores a regressarem às zonas agora seguras.

“Logo que recebemos os livros demos prioridade aos distritos de Quissanga, que está com sete escolas reabertas, Palma, que tem 13 escolas reabertas, e Mocímboa da Praia, que tem três instituições de ensino reabertas”, explicou Melchior Patrício, porta-voz da Direção Provincial de Cabo Delgado, em conferência de imprensa, citado pela Lusa.

No total, a província de Cabo Delgado recebeu 611.601 livros escolares de distribuição gratuita, um material didático que deverá ser distribuído pelos 17 distritos que compõem a província.

Segundo Melchior Patrício, a decisão de dar prioridade aos distritos afetados pelo conflito armado visa incentivar o regresso dos alunos e professores que fugiram daqueles pontos devido a violência armada, num momento em que se regista a “melhoria das condições de segurança nas regiões”.

A província de Cabo Delgado é rica em gás natural, mas está a ser aterrorizada desde 2017 por rebeldes armados, sendo alguns ataques reclamados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Conforme a mesma fonte, há 784 mil deslocados internos devido ao conflito, de acordo com a Organização Internacional das Migrações (OIM), e cerca de 4.000 mortes, segundo o projeto de registo de conflitos ACLED.

Desde julho de 2021, uma ofensiva das tropas governamentais com o apoio do Ruanda, a que se juntou depois a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), permitiu recuperar zonas onde havia presença de rebeldes, mas a fuga destes tem provocado novos ataques noutros distritos usados como passagem ou refúgio temporário.

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Tota
7 days 14 hours

CV nas mãos destes malfeitores, o povo está lixado. Porque para além de corruptos são incompetentes e diabólicos

Comentário bodona
21 days 6 hours

Parece que as coisas estão a complicar-se e de que maneira no Senegal.

Efrem Soares
27 days 11 hours

Para agradecer a reação positiva dos amigos no messenger, pelas mensagens enviadas, e propor para comentarem aqui no on

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana@gmail.com
asemana.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 | 993 28 23 | 9727634
Contacte - nos

Outras Referências