quarta-feira, 17 abril 2024

Caso da divulgação de dados pessoais da primeira dama já foi remetido à Procuradoria Geral da República

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 A Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) já remeteu à Procuradoria Geral da República o relatório da investigação da divulgação dos dados pessoais da primeira-dama, Débora Carvalho, feito nas redes sociais e “num dos jornais da praça”.

Em comunicado à Inforpress, a comissão avançou que a investigação procedeu junto do Ministério das Finanças e do Fomento Empresarial com acesso ao Sistema Integrado de Gestão Orçamental e Financeira, do Nosi e da Presidência da República.

“Com base nas informações recolhidas, a CNPD concluiu que a extracção e cedência dos dados pessoais em causa são susceptíveis de configurar a prática de um crime de desvio de dados”, lê-se na nota.

Segundo ainda a Inforpress, os dados divulgados incluem um extrato relativo aos pagamentos feitos entre 01 de Janeiro a 19 de Dezembro de 2023 de Débora Katiza Carvalho, resultando, sublinhou a CNPD, na abertura de um processo para apurar as condições de legitimidade do tratamento desses dados de acordo com os poderes da investigação e de inquérito previstos na lei nº 42/VIII/2013.

 

 

02 de abril 2024

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Amorim
6 days

Que se diminua o consumo de bebidas alcoólicas

Amorim
6 days

Reduzir custos que seja com a prata da casa.

Amorim
6 days 22 hours

Álcool mata e pode induzir à prática de crime. Aorendam.

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências