segunda-feira, 15 abril 2024

Fogo: Câmara de São Filipe com pacote de projetos junto de ONG luxemburguesa que ascende 1,1 milhões de euros

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A proposta para o novo pacote de projectos submetidos pela câmara de São Filipe à organização não-governamental luxemburguesa Beetebuerg Helleft para financiamento ascende a 1,1 milhões de euros, mais de 121 mil contos cabo-verdianos.

Na sequência da visita que uma delegação da ONG efectua aos três municípios da ilha do Fogo, os responsáveis da Beetebuerg Helleft, integrada por cinco elementos, incluindo o presidente Roby Biwer, a autarquia de São Filipe apresentou os últimos projectos concluídos e novos projectos constantes da proposta.

“Estamos a apresentar à Cooperação Luxemburguesa depois de restabelecido a cooperação um novo pacote contemplando as Escolas de Ponta Verde, Pedro Cardoso e de Monte Grande e jardins Flores de São Filipe e de Monte Grande e também outras escolas como de Domingos Ledo, Monte Largo, Campanas de Cima, num pacote de 1.1 milhões de euros para um período de três anos, 2024/2027”, declarou Nuías Silva.

O autarca diz-se “satisfeito” após a actual câmara ter resolvido o imbróglio da equipa anterior que deixou o município numa situação de “extrema dificuldade com a cooperação”.

Nuías Silva salientou que graças ao empenho e transparência da actual equipa camarária conseguiu-se fazer o relatório final e entregar as duas obras que faltavam, nomeadamente as escolas de Italiano e de Jardim/Batente, com recursos um empréstimo no valor de 25 mil contos para resgatar a confiança de um dos principais parceiros da ilha e do município.

Sublinhou que por aquilo que a delegação viu o relatório final será aprovado e deu luz verde para apresentação de novos projectos.

O problema surgiu por causa do desvio do dinheiro que a câmara anterior fez no último dia do mandato para uso indevido e tivemos a coragem de restabelecer esta normalidade para ter os amigos da ONG que estavam descontentes com o que tinha acontecido”, disse Nuías Silva, sublinhando que com a reposição do valor desviado foi possível retomar a cooperação com a ONG Beetebuerg Helleft.

O mesmo avançou que toda a documentação foi apresentada ao Tribunal de Contas para o necessário julgamento.

O presidente da ONG Beetebuerg Helleft, Roby Biwer, disse que é “com satisfação” que regressa a São Filipe e à ilha do Fogo depois de alguns anos e poder constatar que foi feito um “excelente trabalho” com a equipa actual para resolver algumas pendências da câmara anterior.

Tal trabalho, segundo a mesma fonte, levou alguns anos para concluir e fazer andar o processo, mostrando-se convicto de que a sua organização irá continuar a trabalhar com esta equipa e avançar com novos projectos.

Viemos visitar os projectos e encontramos duas escolas financiadas que não foram construídas pela equipa anterior e a nova equipa teve de ultrapassar esta questão”, disse o presidente da Beetebuerg Helleft, observando que se trata de uma equipa “responsável e transparente” e em conjunto conseguiu resolver a situação, esperando que o relatório final seja aprovado para que até o final do ano o município possa beneficiar de financiamento de novos projectos.

Sem indicar uma data concreta, Roby Biwer disse que se tudo correr como idealizado, em meados de Setembro/Outubro novos projectos poderão arrancar, afirmando que a ONG está engajada para que os projectos possam começar antes do final do ano.

Hoje, a delegação visitará o município de Santa Catarina, que beneficiou de cerca de 84 mil contos de financiamento para a reabilitação da rede de escolas básicas do município.

Na sexta-feira, 09, visita o município dos Mosteiros, que foi contemplado com cerca de 120 mil contos para as obras de reconstrução de escolas do ensino básico e do centro municipal de formação profissional.

O pacote de projectos apresentados pelos municípios de São Filipe e Santa Catarina do Fogo ronda os dois milhões e 110 mil euros (2.110 mil euros), mais de 230 mil contos cabo-verdianos.

A Semana com Inforpress

07 fevereiro 2024

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Amorim
3 days 16 hours

Que se diminua o consumo de bebidas alcoólicas

Amorim
3 days 16 hours

Reduzir custos que seja com a prata da casa.

Amorim
4 days 13 hours

Álcool mata e pode induzir à prática de crime. Aorendam.

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências