quinta-feira, 18 abril 2024

Santa Catarina/Santiago: JPAI alerta sobre o abandono da juventude em Santiago Norte perante o “evidente falhanço” do Governo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 A Comissão Política Nacional da JPAI reprova a atual governação do Primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva e do MpD para com a juventude de Santiago Norte,  uma região que alberga um terço da população cabo-verdiana.  É que, segundo denuncia a liderança da aorganização, a juventude nesta região  encontra-se neste momento  frustrada, desanimada e sem alternativas,  muitos    dos quais  possuindo a formaçao  e qualificação  profissional.

A declaração é de Edson da Moura, membro da Comissão Política da Juventude do PAICV e presidente da JPAI - Santa Catarina, feita em conferência de imprensa, realizada nesta quarta-feira, sobre «a  situação preocupante da juventude de Santiago Norte e a recente consagração do Governo sobre a Cidade de Assomada como a Capital Cabo-verdiana da Juventude para o ano 2024».

Segundo o jovem político, milhares de jovens que fizeram formação profissionalizante ou licenciatura estão no desemprego e na pobreza. “Quadros bem formados estão a abandonar esta região e Cabo Verde, porque o país vai numa direção errada e para não dizer sem rumo”, fundamenta.

O presidente da JPAI  Santa Catarina adverte ao chefe do governo que não vale a pena pedir aos jovens para não se emigrarem, sem que sejam criadas reais e verdadeiras condições e alternativas para continuarem a acreditar no futuro de Santiago Norte.

“A juventude de Santiago Norte sente-se preterida, descapitalizada e apagada, tal como o desporto nesta região, cujos melhores de  atletas têm optado por jogar nas equipas fora do Norte desta ilha, quando poderia ser contemplada no processo que visa alavancar a economia, a cultura e o desporto nesta importante região do nosso país”, aponta.

Neste sentido, o líder da juventude daquela região afirma que as medidas transversais de políticas públicas e muncipais para afirmação e a realização dos jovens de Santiago Norte são “manifestamente insuficientes” por parte do Governo  e da Câmara Municipal de Santa Catarina, suportados pelo MpD.

 

Assomada  Capital Cabo-verdiana da Juventude 2024 e pouca presença no ato de anúncio

Conforme lê-se no documento remetido ao Asemanaonline, “A cidade de Assomada foi escolhida como Capital Cabo-verdiana da Juventude 2024, constituindo uma boa oportunidade para refletir qual tem sido o papel da atual Câmara Municipal de Santa Catarina sobre o estado da juventude deste município, que outrora afigurava-se como a capital de oportunidades para a jovens, onde a juventude era valorizada, potencializada, destacada e criada oportunidades de negócios, de empreendedorismo e empoderamento e, razão pela qual os jovens deste município trilhavam caminhos destacados na arena nacional e internacional”.

Moura lamenta a pouca participação dos jovens na abertura da cerimónia oficial do anúncio da Cidade Capital de Juventude, onde esteve presente o Presidente da Câmara e o ministro Adjunto para Juventude e Desporto, o que, segundo ele, reflete o estado de abandono e de desesperança desta juventude perante o “evidente falhanço” deste Governo e da Câmara Municipal local, ambos susportados politcamente pelo MpD.

Entretanto, Edson explica que esta iniciativa da cidade capital de juventude, que tem o objetivo de acolher dezenas de atividades direcionadas para a juventude, será seguramente uma “grande oportunidade” e um espaço propício para questionar a Câmara Municipal de Santa Catarina e o Governo de Ulisses Correia e Silva e do MpD sobre as polílicas públicas e muncipais para o sector.

Diante de tudo isto,  Moura questionas quais foram as medidas de políticas tomadas em prol da juventude, com destaque  as medidas ativas de emprego para os jovens de Santa Catarina e as oportunidades criadas de forma a que eles possam ter acesso à formação.

Na área do desporto, o conferencista pergunta que medidas e ações  foram tomadas de forma a aproveitar o grande potencial existente. « Apostou-se nas escolas de iniciação desportiva?» - perguntou.

O membro da Comissão Política  e responsavel da Juventude do PAICV  em Assomada levantou várias outras questões, revelando-se esperançoso e certo de que «este é o momento dos jovens de Santa Catarina repensarem o futuro do município».

 

07 de fevereiro 2024 

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Amorim
6 days 13 hours

Que se diminua o consumo de bebidas alcoólicas

Amorim
6 days 13 hours

Reduzir custos que seja com a prata da casa.

Amorim
7 days 11 hours

Álcool mata e pode induzir à prática de crime. Aorendam.

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências