sexta-feira, 14 junho 2024

A ATUALIDADE

Secretário de Estado preocupado com dificuldades alimentares de portugueses na Venezuela

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 O secretário de Estado das Comunidades manifestou preocupação com os portugueses que passam dificuldades alimentares na Venezuela e ordenou à embaixada e aos consulados que identifiquem os casos para avançar com soluções.

“Vão-me chegando sinais, vão-me chegando nota de pessoas com muitas dificuldades (…) Pessoas que sabemos que vivem em casas sem condições, que têm de facto as tais dificuldades, sob o ponto de vista alimentar, de famílias com filhos, e nós vamos tentar olhar para essas situações e tentar ir ajudando dentro daquilo que é possível, e dentro efetivamente de regras que estão definidas em Portugal”, disse José Cesário na segunda-feira.

O responsável falava à agência Lusa no Centro Luso-venezuelano de Cátia La Mar (La Guaira, norte de Caracas), onde assinou, em representação do Governo português, pela primeira vez, um acordo de apoio social, ensino do português e promoção da cultura portuguesa.

Nós temos necessidade de lhes fazer chegar apoios, e qual é a melhor forma de lhes fazer chegar apoios? É através das associações (…) que há por aqui, pelo país fora, e que são fundamentais para minorar essas dificuldades”, acrescentou.

José Cesário explicou que durante a visita de quatro dias à Venezuela, vão ser entregues apoios “de mais de 180 mil euros a diversas coletividades e associações”.

São apoios que espero que sejam muito importantes para a atividade que essas associações desenvolvem no plano social, na assistência aos mais necessitados, aos mais carenciados, pessoas que chegam a passar fome e portanto temos de as apoiar”, disse.

Frisou ainda que “os idosos são outro setor que merece grande preocupação” do Governo.

E depois toda a vertente cultural: o folclore, as atividades de preservação dos nossos costumes, hábitos, da nossa etnografia” e a aprendizagem da língua portuguesa.

É uma comunidade muito importante para nós. O Governo da República vai estar muito próximo das mais diversas comunidades que existem na Venezuela. Sabemos bem que é uma comunidade que passou por muitas dificuldades, que continua a passar por muitas dificuldades e precisa naturalmente de muito apoio, de entreajuda e nós cá estaremos (…) sempre que for necessário”, disse.

Ainda de acordo com o secretário de Estado, o trabalho da embaixada, dos consulados e "técnicos que estão aqui no terreno é também importante, porque é a eles a quem compete identificar os problemas” para que Lisboa avance com soluções.

José Cesário disse ainda ter duas grandes prioridades: Associações portuguesas "ativas, com muita participação, muito abertas aos jovens particularmente aos lusodescendentes” e um trabalho de proximidade dos consulados com a comunidade.

“Num país como a Venezuela, em que a comunidade está muito dispersa por todo o lado, por diversas cidades, estados, é fundamental que os consulados possam ir ao encontro das comunidades, daí que já tenhamos dado uma orientação no sentido de se aumentar significativamente o número das chamadas permanências consulares, que é um elemento muito importante para que as pessoas evitem deslocações até por razões de segurança”, notou.

José Cesário expressou também preocupações em relação à segurança da comunidade na Venezuela, física e económica.

"Vamos fazer um trabalho de muita proximidade com as mais diversas comunidades de maneira a podermos ir identificando problemas e tentar encontrar soluções”, concluiu.

A Semana com Lusa

120 Characters left


Colunistas

Opiniões e Feedback

Antonio
17 days 11 hours

Que grande reflexão do Água Lusa!!! Bem enquadrado. Até os nascidos na era portuguesa não são valorizados.

Daniel Dias
21 days 16 hours

Coitado do Leão Vulcão. Perdeu o emprego.

liketerra
23 days 8 hours

A criminalidade Murdeira já é de muito tempo e inclui os proprios admnistradores condominio que mandam os guardas agridi

Pub-reportagem

publireport

Rua Vila do Maio, Palmarejo Praia
Email: asemana.cv@gmail.com
asemanacv.comercial@gmail.com
Telefones: +238 3533944 / 9727634/ 993 28 23
Contacte - nos

Outras Referências